Ministro de Louvor

Heloo… queridosss..

Vou compartilhar com vocês uma reflexão  linda postada no blog de Juliano Son (Ministério Livres para Adorar), que falou muito comigo como ministro de louvor, e se você é um ministro ou não vale a pena ler e se conscientizar…

Pensando em música

 “O que penso um ministro de louvor não ser”

 Aos meus amigos que juntos elevam canções, orações e as suas vidas ao altar dAquele que é por todo sempre digno! Aqui, venho compartilhar de alguns pensamentos que dividi com outros ministros em outros tempos.

 O que o ministro de louvor não é:

1. O ministro de louvor não é um artista. A palavra “artista” desenvolveu o seu significado de uma palavra grega que nós traduzimos como “hipócrita”. Ou seja, o termo “artista” veio da palavra “hipócrita”. Porque o artista finge ser o que não é, foi natural o hipócrita ser confundido como tal. Qualquer um que finge ser o que não é, é um artista, um hipócrita. E não existe um tipo de gente com o qual Jesus foi mais duro do que com estes. Nenhum hipócrita, por mais que receba dos homens, recebe algo de Deus e todo fingimento será julgado.

 2. O ministro de louvor não é um animador/agitador de platéia. A função do ministro não é fazer com que o povo se movimente. Às vezes, o momento de louvor mais se parece com uma aula de aeróbica (perdoem-me a expressão) do que um culto ao Senhor. É o: “Vamos lá galera! Comigo assim! Vai! Vai! Um dois, um dois… Agora dois passinhos… E olhas as mãozinhas!” E, por favor, não me entendam mal. Não é meu desejo ridicularizar alguém, isso é meramente ilustrativo. Se você conhece alguém semelhante, eu peço que você o ame e ore por ele, pois aprendeu assim. Mas, se você se vê como tal, eu só peço que repense mais uma vez acerca da sua função perante o povo de Deus, pois o povo não se reúne para ser entretido. O propósito do culto não é entretenimento, mas adoração. O povo se reúne pra que, na presença de Deus, diante de Deus, haja verdadeira adoração.

3. O ministro de louvor não é um manipulador. Aquele que é chamado de “pai da reforma” escreveu um texto significativo que trata da abscondicidade de Deus, ou seja, do fato de que Deus se esconde. Lutero tinha a clara percepção da soberania de Deus e, por ser Ele soberano, concluiu que se Deus não quisesse, Ele não se manifestava. Portanto, você pode berrar, pular, declarar, profetizar, apelar, fazer voz de choro, mas saiba que Deus é Deus, e se Ele não quiser, quem é que pode obrigá-Lo? Você, como ministro, tem que saber que Deus não tem que se manifestar, que Deus não tem que fazer algo todas as vezes que VOCÊ se coloca a tocar ou a cantar. Você e eu temos que saber que, por Ele ser Deus, se Ele não quiser, Ele simplesmente tem todo o direito de não vir. Ele é Deus! É Ele quem manda! Quando os ministros se esquecem disso, aí a manipulação acontece. Muitos ministros deixam de perceber quando Deus está agindo de tanto que tomaram o lugar de Deus. E se todas as vezes que Deus decidir não visitar a igreja você tomar à frente e buscar produzir um mover de Deus nas pessoas, se você ainda não perdeu, você logo vai perder a sensibilidade de que Deus quer tratar com a Sua igreja, ausentando-Se. Isso na verdade é libertador! Receba esta palavra e seja livre de toda cobrança humana e saiba amado(a) que Deus nem sempre vem. Deus nem sempre TEM que vir. Sim, a Bíblia diz que Ele está no nosso meio, mas a Bíblia não diz que Ele se manifesta sempre e em todos os lugares. Ele é Deus! Seja livre de toda tentação de manipular e gerar Deus nas pessoas. Não por força, nem por violência, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor.

 Reconhecendo o amor em meio à disciplina e, neste mesmo amor,

Juliano Son                                                                                                                                                                                                          Ministério Livres para Adorar                      

 Grande beijo da Flá

Anúncios

Um comentário sobre “Ministro de Louvor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s